Arquivo para ‘Minas Gerais’ Categoria

Chuchu Beleza e o Carnaval 2018. Na telinha sem “Plin-Plin”


Divulgação (Eni)


Por (Eni)

O compositor e músico Zé Vitor(Zezinho), traz do fundo baú a imagem e a magia do cinema, definidas em melodia para o Carnaval 2018.

Retrô

A letra nos faz lembrar dos filmes em preto e branco em um passado remoto, das peripécias do Charles Chaplin, o Gordo e o Magro, Cantinflas, Mazzaropi , Ankito, Oscarito, Grande Otelo, Zé Trindade  entre outros. Dos clássicos de todos os tempos como o refrão entoa:

“Et e a Noviça Rebelde

King Kong o Gladiador e o Tubarão

Avatar, Titanic, e o Homem Aranha

O Senhor dos Anéis e o Rei Leão

O Bem Hur  e Cantando na Chuva

Extraterrestre e os Setes Samurais

Casablanca e a Guerra nas Estrelas

Os Suspeitos, e tantos outros mais.”

 

Do túnel do tempo

“Barbada da Pangaré Run” em prol da APAE de Borda da Mata




Por (Eni)


Liderados pelos corredores Everton Moura e Ricardo Brant (Pangaré Run), aconteceu nesta domingo (03/12) o 4° treino solidário da equipe Pangaré Run   na cidade de Tocos do Moji, no Sul de Minas Gerais.  A “turfe” teve um percurso com formato conhecido para a maioria dos corredores, já que há um ano (16/9/16) esta mesma equipe  “trotou” por solidariedade pelo Caminho da Fé com a mesma finalidade e com muito êxito.

Em 19/6/16, a “Equipe Pangaré Run” galopou por uma boa causa, o 2º Longão Pangaré Run, também em Tocos do Moji, cuja finalidade do evento foi  arrecadar roupas e agasalhos para as pessoas mais necessitadas  com a participação ativa do Conselho Tutelar  da mesma cidade, que este ano também participou.

A largada do 4° treino solidário da equipe Pangaré Run aconteceu na Praça Ivo Tomás Cantuária e percorrendo em 15 Km misto de asfalto e terra, passando pela tradicional Caminho da Fé.

Tragédia em Mariana

 

Reprodução



EBC


Depressão e outros problemas de saúde passaram a fazer parte da rotina

Reprodução

Há dois anos, a folha do calendário das casas de dois distritos de Mariana e um de Barra Longa, em Minas Gerais, foi virada pela última vez. O dia 5 de novembro de 2015 se eternizou nas paredes das casas que ficaram de pé em Bento Rodrigues, Paracatu e Gesteira. Desde então, a vida dos atingidos pela lama da mineradora Samarco está suspensa – 730 dias depois do rompimento da Barragem de Fundão, ainda se espera o reassentamento, a indenização, o rio límpido, cujas ações de reparo, complexas, enfrentam atrasos e obstáculos que desafiam os órgãos envolvidos.

Juiz suspende ação criminal contra responsáveis por acidente em Mariana

Reprodução: image web



  • 07/08/2017 17h58 – Brasília

Maiana Diniz – Repórter da Agência Brasil


O juiz federal de Ponte Nova (MG), Jacques de Queiroz Ferreira, suspendeu o processo criminal que acusa 22 pessoas de homicídio por envolvimento no rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, no dia 5 de novembro de 2015. Entre os réus da ação, estão executivos da mineradora Samarco e suas controladoras, a Vale e a BHP Billinton, além de funcionários da empresa de engenharia VogBR.

As quatro empresas citadas também são rés no processo, que ficará suspenso até que as companhias telefônicas esclareçam se as escutas telefônicas usadas pela denúncia foram legais.

O acidente em Mariana ficou conhecido no Brasil como o maior desastre ambiental da história e deixou 19 pessoas mortas, além de destruir o distrito de Bento Rodrigues, contaminar a Bacia Hidrográfica do Rio Doce e comprometer o abastecimento de água e a produção de alimentos em diversas cidades da região.

Cemig vai realizar leitura e impressão simultânea de contas de energia em Borda da Mata, Tocos do Moji e Bom Repouso


 


Reprodução

Clientes urbanos das cidades de Conceição dos Ouros, Cachoeira de Minas, Santa Rita do Sapucaí, Borda da Mata, Bom Repouso e Tocos do Moji passarão a receber a conta de luz no momento em que a leitura é feita. Com o sistema de Leitura e Impressão Simultânea – LIS que está sendo implantado pela Cemig nestes municípios desde o dia 6 de julho, o leiturista passará a imprimir a conta em uma impressora portátil e a entregará para o cliente. Como o processo será feito de forma gradativa, alguns consumidores continuarão a receber a fatura antiga até que a implantação seja concluída.

Minas Gerais confirma 83 mortes por febre amarela


1/02/2017 21h04 – Belo Horizonte
Léo Rodrigues – Correspondente da Agência Brasil


Reprodução: Vacina é a principal forma de combate à febre amarela
Divulgação/Prefeitura de Pitangueiras (SP)

Em novo boletim epidemiológico divulgado hoje (21), a Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) anunciou que 83 pessoas já morreram em decorrência de complicações da febre amarela. Mais 173 mortes ainda estão sendo investigadas. O atual surto da doença é o maior no Brasil desde 1980, quando o Ministério da Saúde passou a disponibilizar dados da série histórica. Até então, o ano com o quadro mais grave havia sido 2000, quando 40 vítimas da doença morreram.

Os dados da SES-MG mostram que o estado já contabiliza 1.027 notificações de febre amarela. Destas, 234 foram confirmadas, 57 foram descartadas e as demais continuam sob análise.

Febre amarela leva União a reconhecer situação de emergência em 64 cidades


Reprodução


  • 20/02/2017 20h37 – Belo Horizonte

Léo Rodrigues – Correspondente da Agência Brasil


O governo federal reconheceu situação de emergência em 64 cidades devido ao surto de febre amarela. As portarias foram publicadas no Diário Oficial da União de hoje (20) pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), vinculada ao Ministério da Integração Nacional.

Embora situadas em regiões afetadas pelo surto, três das cidades mineiras beneficiadas pela medida, e que são sedes regionais de saúde, não têm nenhum caso confirmado de febre amarela. Conforme o último boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde de Minas Gerais, divulgado na sexta-feira (17), Coronel Fabriciano, Governador Valadares e Manhumirim contabilizam juntas sete casos em investigação e três foram descartados. Também não há mortes suspeitas entre os moradores destas cidades. Por outro lado, como são municípios mais estruturados, suas unidades de saúde estão recebendo pacientes de cidades vizinhas.

Powered by WordPress | Download Free WordPress Themes | Thanks to Themes Gallery, Premium Free WordPress Themes and Free Premium WordPress Themes
WP-Backgrounds by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann