Arquivo para ‘Vai “cumendo” Raimundo’ Categoria

PENA DE DEMÓSTENES SERÁ APOSENTADORIA DE R$ 22 MIL

Com voto favorável de Roberto Gurgel, Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) considera ex-senador membro vitalício do MP; agora, pena máxima que poderá ser aplicada ao amigo do bicheiro Cachoeira é a aposentadoria compulsória, com benefício de R$ 22 mil; possível demissão do procurador do MP-GO só poderá ocorrer pela via judicial, após o trânsito em julgado e esgotados todos os recursos; contra o voto da relatoria, conselheiros entenderam que a vitaliciedade é garantia da sociedade brasileira, e não prerrogativa do membro individual do MP; CNMP também prorrogou afastamento por mais 60 dias

:

Goiás247_ O procurador de Justiça Demóstenes Torres obteve uma vitória no início da tarde desta quarta-feira, 24, com o decisão do Plenário do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) de que ele é membro vitalício do Ministério Público. Segundo juristas consultados pelo Goiás247, com o entendimento, a pena máxima que o órgão pode aplicar a ele, acusado de envolvimento nos esquemas criminosos do bicheiro Carlinhos Cachoeira, é a aposentadoria compulsória, se condenado. Uma possível demissão aconteceria apenas em caso de condenação judicial transitada em julgado e esgotados todos os recursos.

Líderes em reclamações, operadoras se dão bem em pesquisa da Anatel

46,5% dos clientes de telefonia fixa estão satisfeitos ou muito satisfeitos com o serviço

Telefone

Reprodução

Líderes no ranking das 50 empresas que mais geraram reclamações ao Procon em 2012, as operadoras de telefonia móvel receberam boa pontuação em pesquisa de satisfação da Anatel.

Os entrevistados atribuíram notas a itens relacionados aos serviços, tais como eficiência dos canais de atendimento, clareza das informações, qualidade das ligações, serviços de manutenção, preços e tarifas. Foram avaliados os serviços de telefonia fixa (STFC), telefone de uso público (TUP) e telefonia móvel (SMP).

Na telefonia fixa residencial, os resultados indicam que 46,5% dos usuários estão satisfeitos ou muito satisfeitos; 40,7% consideram o serviço mediano ou regular e 12,8% estão insatisfeitos ou totalmente insatisfeitos.

Já na banda larga residencial os clientes estão satisfeitos ou totalmente satisfeitos em 52,2% dos casos; 25,9% consideram o serviço prestado regular ou mediano e 21,9% estão insatisfeitos ou totalmente insatisfeitos.

MINISTROS ABUSAM DOS JATOS DA FAB

Em pouco mais de dois anos de governo Dilma, integrantes do primeiro escalão usaram o táxi aéreo público em 5,8 mil voos, inclusive para assuntos particulares ou partidários, a um custo estimado em R$ 44,8 milhões; Adams e Haddad embarcaram para visitar Lula e Temer usou o serviço para benefício do PMDB

:

Reprodução

247 – Os jatos Força Aérea Brasileira (FAB) foram usados em 5,8 mil voos de integrantes do primeiro escalão da presidente Dilma Rousseff em pouco mais de dois anos de governo. Segundo comparação feita pelo Estadão, eles somam uma distância equivalente a dez vezes o caminho de ida e volta à Lua e custaram R$ 44,8 milhões.

Segundo decreto presidencial 4.244, de 2002, recorrer ao táxi aéreo público para deslocamento às residências nos Estados aparece apenas como terceiro item de prioridade de uso.

Truculência à moda antiga

Na última operação da polícia na região, índios Munduruku foram agredidos e um deles, assassinado. Foto: Cimi

“O governo que devia nos proteger, vem mandando seu exército assassino para nos ameaçar e invadir nossas aldeias (…) como se os povos indígenas fossem terroristas ou bandidos”. O trecho acima, retirado de uma carta assinada pelo povo indígena Munduruku, poderia ser de uns 40 anos atrás, época da ditadura. Mas não se engane: foi escrito ontem mesmo, nas margens do rio Tapajós.

Ali, na fronteira entre Pará e Mato Grosso, os mais de dez mil índios que vivem na Terra Indígena Munduruku vão receber uma visita indesejada: desde o último domingo, mais de 250 homens da Força Nacional aportaram na região para dar início à Operação Tapajós. Com armas em punho, já receberam sinal verde do governo – mas não dos índios – para adentrar a terra e garantir que sejam feitos os estudos de impacto ambiental para a construção de hidrelétricas naquelas águas.

Oi recebe oitava multa em uma semana

Oi

Reprodução

Empresa foi autuada em R$ 5,9 milhões pela Anatel

Anatel segue em sua perseguição às falhas ao Grupo Oi. A empresa, que tem sido atingidas por multas consecutivas desde fevereiro, recebeu mais três nesta quinta-feira, 28. Já é a oitava só nesta semana.
No total, o grupo deverá desembolsar R$ 5,9 milhões. As punições foram direcionadas à Telemar Norte Leste, do Amazonas, multada em R$ 2,6 milhões, e à Telemar Norte Leste do Rio de Janeiro recebeu punição de R$ 3,3 milhões.

As autuações tem a ver com o descumprimento de metas de qualidade exigidas pela Anatel. As multas foram divulgadas na edição desta quinta-feira do Diário Oficial.

A Oi já havia recebido mais cinco multas na última segunda-feira, 25.

Fonte:  Olhar Digital

 

Simulação sem compromisso

População e vereadores em pé de guerra no Sul de Minas

A população de Itajubá, no Sul de Minas, ganhou a primeira queda de braço contra os vereadores da cidade, que aumentaram de 10 para 17 o número de cadeiras na Câmara Municipal. A medida, que valerá a partir de 2017 – aumentando as chances dos atuais parlamentares de se reelegerem –, causou uma verdadeira onda de protestos dos moradores, que foram às ruas e espalharam outdoors pelo município com as fotos de todos os que votaram a favor do aumento. Os vereadores contra-atacaram e recorreram à Justiça com pedido de liminar para a retirada de imediato das placas, mas saíram derrotados. A juíza Luciene Christina Marassi Cagnin, da 1ª Vara Cível de Itajubá, negou o pedido da tutela antecipada e agora analisa o mérito da ação.
O cabo de guerra entre a população da cidade e os vereadores teve início ainda em 2011, quando o projeto de aumento de cadeiras foi apresentado pela primeira vez pela Mesa Diretora da Casa. À época, a pressão popular falou mais alto e a proposta foi rejeitada, mas voltou à cena nesta nova legislatura, na qual teve aprovação em fevereiro, por sete votos a dois. A Emenda Constitucional 58, de 2009, estabeleceu o limite de vereadores que cada Câmara pode ter, que varia de acordo com a faixa populacional dos municípios. Para cidades com população entre 80 mil e 120 mil habitantes, como Itajubá, 17 é o número máximo de cadeiras no Legislativo. Mas o que chama a atenção é que nem mesmo cidades maiores da Região Sul, como Poços de Caldas, Pouso Alegre e Varginha, com mais de 120 mil habitantes, têm tantos parlamentares. São 15 em cada Câmara. A conta da adoção da nova composição em Itajubá será alta. Vai saltar de R$ 3,47 milhões, no ano passado, para R$ 6,5 milhões em 2017, quase o dobro do orçamento atual

Vivo é multada em R$ 7,5 mil pela Anatel

Operadora deixou de apresentar detalhes sobre seus planos de serviço
Anatel multou, nesta terça-feira, 26, a Vivo em R$ 7,5 milhões por não apresentar detalhes sobre seus planos de serviço.

Vivo

Divulgação

Segundo a Agência Brasil, a operadora descumpriu exigências do Regulamento do Serviço Móvel Pessoal (RSMP) e do Código de Defesa do Consumidor.

Vivo deveria dar ampla divulgação de cada um de seus planos de serviço na localidade de sua comercialização, em pelo menos um jornal diário de grande circulação, com antecedência de pelo menos dois dias. E também deveria informar a Anateldesta divulgação em até cinco dias úteis.

Como a operadora deixou de dizer o período de validade das ofertas, explicitando as datas de início e término, quando da adesão de usuários a promoções, descontos nos preços de serviço e facilidades ou comodidades adicionais concedidas… foi multada.

Powered by WordPress | Download Free WordPress Themes | Thanks to Themes Gallery, Premium Free WordPress Themes and Free Premium WordPress Themes
WP-Backgrounds by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann