Arquivo para ‘Politicagem’ Categoria

Renan tenta votar pacote anticorrupção hoje, mas senadores rejeitam


31198297942_e3203cd6f8_o

Reprodução
Apesar dos protestos de grande parte do plenário, o presidente insistiu em colocar a matéria em votação, mas o requerimento foi rejeitado por 44 votos contrários e 14 favoráveis
Jonas Pereira/Agência Senado


30/11/2016 19h52publicação – Brasília

Mariana Jungmann – Repórter da Agência Brasil


O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), colocou em votação no plenário do Senado um requerimento de urgência urgentíssima para a votação ainda hoje (30) do projeto de lei que trata das medidas de combate à corrupção. Apesar dos protestos de grande parte do plenário, o presidente insistiu em colocar a matéria em votação, mas o requerimento foi rejeitado por 44 votos contrários e 14 favoráveis.

Na TV, Temer cita reformas e que vai “recolocar o Brasil nos trilhos”


1041320-31.08.2016_pzzb-8829_1

Reprodução


31/08/2016 20h44 – Brasília

Paulo Victor Chagas – Repórter da Agência Brasil


Em pronunciamento à nação em rede nacional de rádio e televisão, o presidente Michel Temer disse que seu compromisso de “recolocar o Brasil nos trilhos”, fazer reformas como a da previdência e pediu a colaboração dos brasileiros para tirar o Brasil do que classificou como uma “grave crise”.

No pronunciamento, gravado após a aprovação do impeachment de Dilma Rousseff pelo Senado, Temer disse que assume o cargo definitivamente após “decisão democrática e transparente” do Congresso Nacional.

Durante os cinco minutos de discurso, o presidente justificou algumas ações tomadas enquanto estava como presidente interino, entre elas a proposta que cria teto para os gastos públicos, e disse que se não houver uma reforma da Previdência, “em poucos anos o governo não terá como pagar os aposentados”.

Impeachment de Dilma divide opiniões na América Latina


1040733-df_dsc0853_0

Reprodução


01/09/2016 06h26  – Buenos Aires

Monica Yanakiew – Correspondente da Agência Brasil


A Argentina, principal sócia do Brasil no bloco regional Mercosul, reagiu com cautela à destituição de Dilma Rousseff, cujo mandato presidencial será concluído por seu vice, Michel Temer. Em nota divulgada nessa quarta-feira (31), o Ministério das Relações Exteriores afirmou que “respeita o processo institucional verificado no pais-irmão” e reafirmou a vontade de continuar o processo de integração, num contexto de “respeito aos direitos humanos, às instituições democráticas e ao direito internacional”.

As reações ao impeachment de Dilma e à posse de Temer deixaram em evidência a crise que se instalou no Mercosul no fim de junho, quando o Uruguai concluiu seu mandato como presidente pro tempore do bloco. Cada um dos cinco países exerce o cargo rotativo por seis meses, antes de entregá-lo ao próximo, em ordem alfabética.

Eduardo Azeredo nega denúncias ao renunciar o mandato

Parlamentar é réu no processo do mensalão mineiro

thumb

Carta de renúncia foi entregue pelo filho, Renato Azeredo e lida no plenário da Câmara
Crédito: José Cruz / ABr / CP

Em clima de surpresa para quase todos os parlamentares, o deputado Eduardo Azeredo renunciou nesta quarta ao mandato na Câmara dos Deputados. A carta, entregue pelo filho de Azeredo, Renato Azeredo, no início da tarde, foi lida em plenário minutos depois, oficializando o afastamento do político, réu na Ação Penal 536, o processo do mensalão mineiro.

No processo em análise do Supremo Tribunal Federal (STF) , Azeredo foi apontado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, como o “maestro” no suposto esquema. Janot afirma que o tucano desviava recursos públicos em benefício próprio para financiar sua campanha política. E pede que o ex-deputado seja condenado a 22 anos de prisão pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro.

Fanatismo político

Evangélico democrata

Reprodução Web

O fanatismo político revela faces com olhos cegados pelas próprias mãos envolvidas por uma bandeira partidária.

O fanatismo político discrimina qualquer ideal contrário que venha de fontes políticas alheias…

É esse fanatismo alienador que se observa em mentes concretizadas pelo cimento de uma sigla. É o fanatismo que grita através de bocas abertas, olhos fechados e ouvidos surdos.

A democracia falece diante do fanatismo. Perde o valor e a força. Entra em desuso na míope realidade dos fanáticos intolerantes, os quais se detêm a defender com força revolucionária apenas, a já citada, sigla. Aconteça o que acontecer, a mesma bandeira continua hasteada, irredutível a qualquer mudança de pensamento fora dos ideais partidários. Embaixo desta mesma bandeira, permite-se esconder a corrupção e as falhas com tolerância.

Que se faça a Revolução na mente das pessoas, que se lute por ideais de uma nação e NÃO em nome de uma sigla.

De Roger do Ultrage a Rigor

Será que é um sinal de arrependimento de toda a classe artística? Tomara, é hora do Chico, Milton, Gil, Caetano e tantos outros que foram decisivos na “derrubada” do regime militar reconhecerem a m… que fizeram, colaborando para a entrega do pais a “isso” que está ai.

 

Aos amigos,

 nada melhor do que o tempo; se  arrependimento matasse…
Será que é um sinal de arrependimento de toda a classe artística? Tomara, é hora do Chico, Milton, Gil, Caetano e tantos outros que foram decisivos na “derrubada” do regime militar reconhecerem a m… que fizeram, colaborando para a entrega do pais a “isso” que está ai.-

De ROGER DO ULTRAGE A RIGOR

Aos amigos,

 nada melhor do que o tempo; se  arrependimento matasse… 

geisel

Reprodução

 roger

Reprodução

 

 

» Esta é uma informação    #Compartilhe por aí, vale a pena … 

A CORRUPÇÃO NO BRASIL TAMBÉM É BANCADA POR NÓS!

piza

Ilustração (Eni)

Mauricio Alvarez da Silva*
Estamos novamente em meio a um turbilhão de escândalos públicos, o que tem sido uma situação constante desde a época em que éramos uma simples colônia. Como diz o adágio popular vivemos na “casa da mãe Joana”.

No entanto, a questão da corrupção no Brasil é muito mais profunda. Acredito que apenas uma pequena parte dos casos seja descoberta e venha a público. Imagino que grande parcela fique escondida nas entranhas públicas. Temos a corrupção política, a corrupção de servidores e de cidadãos desonestos. A corrupção sempre tem dois lados, um corrompendo e outro sendo corrompido.

É nítido que a máquina pública está comprometida. Desde criança escutamos falar sobre a tal da corrupção, agora vemos, todo dia, ao vivo e a cores na TV.

Powered by WordPress | Download Free WordPress Themes | Thanks to Themes Gallery, Premium Free WordPress Themes and Free Premium WordPress Themes
WP-Backgrounds by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann
%d blogueiros gostam disto: