Arquivo para ‘Segurança’ Categoria

Conheça as fraudes que são praticadas pela internet e pelo telefone


Tema Livre discute sobre golpes e prevenção no mundo virtual

Reprodução: A informação é a melhor arma contra os golpes virtuais e pelo telefone. Pixabay – CC0 Public Domain – geralt

O Tema Livre desta quarta-feira abordou o tema das fraudes pela internet e pelo telefone. É de conhecimento da sociedade que grande parte dos golpes aplicados pelo telefone é garantida pelo fluxo de aparelhos celulares em presídios. A gama de enredos para este tipo de crime é ampla. Na internet, não é raro receber nas caixas de mensagens falsas cobranças e pedidos de ajuda humanitária, com remetentes com endereços escusos e suspeitos. Os golpes são recorrentes e variados. Como se prevenir das fraudes? Como buscar o ressarcimento quando nos tornamos vítima de um golpe como o do falso boleto bancário, por exemplo? Essas e outras questões foram abordadas neste programa.

Brasil registrou em 2015 mais de cinco estupros por hora, mostra anuário


1023761-rj_060616_dsc6722

Reprodução


  • 03/11/2016 09h28publicação
  • São Paulo

Camila Boehm – Repórter da Agência Brasil


Mais de cinco pessoas são estupradas por hora no Brasil, mostra o 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), divulgado hoje (3). O país registrou, em 2015, 45.460 casos de estupro, sendo 24% deles nas capitais e no Distrito Federal. Apesar de o número representar uma retração de 4.978 casos em relação ao ano anterior, com queda de 9,9%, o FBSP mostrou que não é possível afirmar que realmente houve redução do número de estupros no Brasil, já que a subnotificação desse tipo de crime é extremamente alta.

“O crime de estupro é aquele que apresenta a maior taxa de subnotificação no mundo, então é difícil avaliar se houve de fato uma redução da incidência desse crime no país”, disse a diretora executiva do Fórum, Samira Bueno.

Brasil tem mais mortes violentas do que a Síria em guerra


vp_protesto-com-caixoes-na-praia-de-copacabana-no-rio-de-janeiro_11102015002-850x567

Reprodução


  • 28/10/2016 06h37 – São Paulo

Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil


O Brasil registrou mais mortes violentas de 2011 a 2015 do que a Síria, país em guerra, em igual período. Os dados, divulgados hoje (28), são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Foram 278.839 ocorrências de homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e mortes decorrentes de intervenção policial no Brasil, de janeiro de 2011 a dezembro de 2015, frente a 256.124 mortes violentas na Síria, entre março de 2011 a dezembro de 2015, de acordo com o Observatório de Direitos Humanos da Síria.

“Enquanto o mundo está discutindo como evitar a tragédia que tem ocorrido em Alepo, em Damasco e várias outras cidades, no Brasil a gente faz de conta que o problema não existe. Ou, no fundo, a gente acha que é um problema é menor. Estamos revelando que a gente teima em não assumi-lo como prioridade nacional”, destacou o diretor-presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Renato Sérgio de Lima.

Sensores biométricos de caixas eletrônicos se tornam novo alvo de criminosos


20160922193644_660_420

Reprodução


RODRIGO LOUREIRO 22/09/2016 19H09


Os caixas eletrônicos da atualidade contam, na maioria das vezes, com sensores biométricos para ajudar na identificação do dono da conta. Contudo, os leitores de impressões digitais podem estar se tornando vulneráveis por conta das artimanhas de criminosos que querem burlar o sistema.

De acordo com especialistas da Kaspersky Lab as máquinas estão sendo cada vez mais visadas pelos fraudadores que desejam obter os dados dos cartões de crédito inseridos.

O método utilizado para isso é chamado de “skimmer”. Esse é o nome dado para dispositivos caseiros conectados aos terminais. Com a ajuda de webcams e teclados falsos, eles copiam os dados dos cartões que, mesmo evoluindo e contando com chips de segurança, ainda estão vulneráveis aos dispositivos.

A esperança das instituições bancárias era de que a biometria pudesse inutilizar essas traquitanas. Contudo, não foi bem isso o que aconteceu. Os novos skimmers são artefatos que conseguem até mesmo roubar as impressões digitais da vítima.

Informe-se e Proteja Seu Computador Contra Vírus e Arquivos

the-internet

Reprodução Web



A internet é a maior fonte de informação que temos hoje em dia, mas infelizmente temos um grande problema: o risco de infectá-lo com um vírus. Por isso, é muito importante proteger o seu computador com um bom antivírus e evitar dores de cabeça. Veja agora quais os erros mais comuns que as pessoas cometem e, sem querer, têm seus computadores infectados:

Instalar programas sem saber exatamente o que são

e83ec0df-4912-4ff2-8150-034b20d69ddb

Reprodução

Você está navegando na internet e um site pede que você instale um plug-in qualquer para visualizar a página adequadamente. Em outro caso, surge uma janela pop-up dizendo que seu computador já está infectado. Não caia nessas armadilhas! Se for instalar um plug-in, verifique antes qual a procedência. Já essas janelas pop-up são em grande maioria um grande truque para instalar arquivos maliciosos na sua máquina.

Pare de usar o Internet Explorer, recomenda governo dos EUA

 

ie

Reprodução
(Foto: Microsoft)

Por Redação Olhar Digital – em 28/04/2014 às 16h04

O departamento do governo americano responsável pela segurança na internet recomendou hoje que os usuários do Internet Explorer deixem de utilizar o navegador até que a vulnerabilidade anunciada no sábado seja consertada.

A brecha é grave e afeta todas as versões do software – 6, 7, 8, 9, 10 e 11. Por meio dela, é possível executar um código remotamente através do navegador. “A vulnerabilidade existe na forma como o Internet Explorer acessa um objeto na memória que foi excluído ou não tenha sido devidamente alocado”, explica a MS.

Segundo a empresa, o invasor pode hospedar um site especificamente criado para explorar a falha e convencer o usuário a acessá-lo através de links por e-mail ou comunicadores instantâneos.

Em nota a Microsoft diz estar “consciente das limitações e possíveis problemas” e encoraja os clientes a seguir as orientações descritas no comunicado de segurança (em inglês) divulgado por ela para “amenizar eventuais ocorrências”.

6 dicas para manter seus dados seguros na nuvem

Sugestões simples podem evitar intrusos na sua nuvem e garantir a segurança de seus dados na internet

cloud computing

Reprodução

Atualmente muitas pessoas estão armazenando seus dados na nuvem, seja em serviços como Dropbox, em aplicações de e-mail como o Gmail ou em redes sociais como o Facebook. Mas, a verdade é uma só: quase ninguém protege suas informações como deveria. Para te ajudar a manter seus dados mais seguros, selecionamos seis dicas simples que podem evitar intrusos na sua nuvem.

1 – Senhas e perguntas de segurança

O ideal é que as senhas sejam únicas para cada serviço usado e que tenham um grau de complexidade alto para que ninguém consiga descobri-la. Portanto, misture números com letras e símbolos, e não se esqueça de incluir letras maiúsculas e minúsculas. A dica para não se esquecer da sua senha é criar frases que tenham algum sentido para você. Outro ponto importante é escolher respostas aleatórias para as perguntas de segurança, normalmente usadas para confirmar que você perdeu sua senha. Por exemplo: Qual o nome do meio da sua mãe? Rua João de Souza Dias (use seu endereço de casa).

Powered by WordPress | Download Free WordPress Themes | Thanks to Themes Gallery, Premium Free WordPress Themes and Free Premium WordPress Themes
WP-Backgrounds by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann
%d blogueiros gostam disto: