Contran suspende a exigência da cadeirinha infantil em veículos escolares


A resolução foi publicada nesta quinta-feira (1º) no Diário Oficial da União

Reprodução


 


Reprodução

Foi determinado por parte do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) o uso obrigatório da cadeirinha para crianças de até sete anos e meio, em veículos de transporte escolar. No entanto, o Contran voltou atrás e suspendeu esta exigência.

Para esclarecer o assunto, o Revista Brasília convidou o coordenador de Educação para o Trânsito, do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Francisco Garonce. O coordenador diz que a regra que vale agora, para todo mundo que tem veículo e tem criança, é que até um ano de idade, tem que ser usado aquilo que conhecemos como bebê conforto, colocando a criança de frente para o encosto do banco traseiro do carro, ou seja, como se a criança estivesse indo de costas.

Francisco Garonce também informa que de um a quatro anos, todas as crianças devem estar colocadas na cadeirinha. Dos quatro a sete anos e meio, ele diz que não precisa ser a cadeirinha, porque pode ser o dispositivo de elevação, que é vendido no mercado, como se fosse o assento elevado ou buster. E a partir dos sete ano e meio até os dez anos de idade,o coordenador destaca que a criança deve usar o cinto de segurança, no banco traseiro, obrigatoriamente.

Confira as informações sobre a segurança na condução de crianças em veículos, no playeracima.

 


Fonte: Rádio EBC


 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.

Powered by WordPress | Download Free WordPress Themes | Thanks to Themes Gallery, Premium Free WordPress Themes and Free Premium WordPress Themes
WP-Backgrounds by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann