Luis Henrique Roque, desaparecido aos nove anos

Família foi informada que o menino foi visto andando em Santo Amaro, mas ele não foi achado 

Compartilhe, espalhe a informação e ajude a encontrar!

jbjuxg8b8_7y6snp27o4_file

Reprodução Arquivo Pessoal
Luis fugiu sozinho do hospital do Grajaú

Há oito dias uma família procura Luis Henrique Santos Roque, nove anos, que desapareceu depois de dar entrada no Hospital Geral do Grajaú, na zona sul de São Paulo, no dia 9.

Dayse Santos Silva, 28 anos, auxiliar de limpeza, foi ao local com os outros dois filhos — Kaique, de sete anos, e uma bebê de um ano que ia passar em uma consulta no pediatra. Segundo Edivaldo Luiz da Silva, 36 anos, marido de Dayse e padrasto das crianças, os dois meninos foram impedidos de entrar com a mãe e a bebê na área de medicação.

— O segurança não deixou eles entrarem e pediu para eles ficarem na porta.

Após alguns minutos, Henrique sumiu. O irmão mais novo, então, foi avisar a mãe e as buscas pelo garoto começaram.

— Eles saíram e foram ver se ele tinha voltado sozinho para casa. Quando viu que ele não estava lá, voltou no hospital e pediu para puxar nas câmeras. Levou de 40 a 50 minutos. O líder dos seguranças foi ver nas imagens, mas não deixou ela ver. Depois, ele relatou que o Henrique tinha saído do hospital.

Leia mais notícias de São Paulo

A família ficou até 2h de terça-feira (9) procurando o garoto pelas ruas do bairro. Sem sucesso, fizeram um boletim de ocorrência de desaparecimento no 101º Distrito Policial e continuam em busca de Henrique.

O padrasto conta que chegaram a avisar que o menino estava em Santo Amaro na companhia de uma moradora de rua, mas que a família foi até lá e não conseguiu achar.

Qualquer informação pode ser passada para o 101º DP. O telefone é 11 5928-5952. 

Outro lado

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo declarou que “a denúncia não procede. O Hospital Geral do Grajaú não impede que menores de idade fiquem desacompanhados dos pais ou responsáveis dentro da Instituição em nenhuma hipótese”. Ainda de acordo com a pasta, “na situação em questão, a segurança só foi acionada pela mãe após ela perceber o desaparecimento da criança”.

A secretaria informa também que o hospital comunicou a polícia após ser informado sobre o desaparecimento e “a administração do hospital ressalta que está em contato com a família por meio da Ouvidoria e providenciará o acesso às imagens de segurança”.

A SSP (Secretaria de Segurança Pública) confirma um boletim de ocorrência de desaparecimento e informou que o caso está sendo investigado pelo 101° DP.

Fonte: R7

 

primark

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.

Powered by WordPress | Download Free WordPress Themes | Thanks to Themes Gallery, Premium Free WordPress Themes and Free Premium WordPress Themes
WP-Backgrounds by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann