Segurança

Navegadores da Web, Adobe, Antivírus e Anti-Spyware’s

business_protection

Reprodução

Navegadores: 

Aurora – Naveg20150810180839_660_420 (80 x 51)ador brasileiro que tem comparador de preços embutido. De olho em quem costuma realizar compras na internet com frequência, os empreendedores Zhen Zhang e Rafael Costa desenvolveram o Aurora Browser. O navegador, anunciado nesta segunda-feira, pode ser uma opção interessante para ajudar a encontrar bons preços, já que conta com um comparador embutido no software. Ao pesquisar um produto, o usuário consegue verificar o preço nas lojas concorrentes sem precisar entrar em outros sites.

 Firefox  – A versão final do Firefox acaba de sair do forno, com suporte a HTML 5, modo privativo e ainda mais veloz.

 Chrome  – A versão de testes do navegador da Google já¡ está¡ disponível. Que tal tentar navegar em um browser diferente?

 Internet Explorer  – O navegador mais usado do mundo fica melhor a cada nova versão, veio para arrebentar!

 Opera  – Rápido, elegante e super prático. Experimente a versão final do Opera 10 e surpreenda-se!

 SeaMonkey  – O projeto de SeaMonkey é um esforço da comunidade para desenvolver a suíte SeaMonkey tudo-em-um aplicativo de internet. Tal conjunto de software foi feito previamente popular por Netscape e Mozilla, eo projeto de SeaMonkey continua a desenvolver e entregar as actualizações de alta qualidade a este conceito. Contendo um navegador de Internet, e-mail e newsgroup cliente com um leitor incluído feed da Web, editor HTML, IRC chat e ferramentas de desenvolvimento web, SeaMonkey é certo apelar para usuários avançados, desenvolvedores web e usuários corporativos.
alimentado por Mozilla Sob o capô, o Firefox usa muito do mesmo Mozilla código fonte que alimenta esses irmãos de sucesso como Firefox e Thunderbird. Apoio jurídico é fornecido pela Fundação.

 Baidu Spark  – O navegador Spark, da chinesa Baidu, tem a vantagem de possuir funções comumente encontradas apenas em plugins e add-ons para outros navegadores: gerenciamento de torrents, download de vídeos do Youtube e navegação por gestos. Este último, principalmente, é um recurso difícil de se acostumar, mas o navegador vale a pena pela versatilidade.

 Avant Browser  – O Avant tem apenas um objetivo: fazer com que as páginas da internet funcionem. Se você tem mais de um navegador instalado simplesmente para rodar as páginas que não funcionam no seu favorito, considere seus problemas resolvidos. O Avant permite trocar, com um clique, o sistema de renderização da página, entre eles Firefox, Chrome e IE, sendo este último o único navegador que pode rodar todas as páginas plenamente.

 TOR  – O Tor – que leva à Deep Web – não tem a menor intenção de ser bonito ou fácil de usar, mas se preocupa com a tão desejada privacidade. Por meio da encriptação de links, o Tor impossibilita o rastreamento do computador, sendo indicado para qualquer pessoa que tenha medo de espionagem, seja ela por parte do governo ou de hackers.

Adobe Acrobat Reader DC


Adobe Reader
O software Adobe Reader é um padrão global de compartilhamento de documentos eletrônicos. Ele é o único visualizador de arquivo PDF que pode abrir e interagir com todos os documentos PDF. Use o Adobe Reader para visualizar, pesquisar, assinar digitalmente, verificar, imprimir e colaborar em arquivos PDF do Adobe.

Há cada minuto estamos ameaçados por crime cibernético , sejam vírus ou golpes elaborados que buscam roubar dinheiro ou dados pessoais do consumidor.

Não existe até o momento, um sistema ou forma de combater 100%

estes piratas cibernéticos.

Pode ser até que não proteja, se precaver nunca é demais.

(Eni)

Veja algumas dicas para se proteger contra os golpistas:

 Instale antivírus no computador e faça atualizações semanais.

 Mantenha seu navegador sempre atualizado.

 Nunca clique em links ou visite sites sugeridos em e-mails.

 Nunca envie informações sigilosas via e-mail ou mensagens instantâneas.

 Troque regularmente as senhas utilizadas em transações financeiras.

 Crie um e-mail apenas para se cadastrar em sites. Se você receber mensagens de “velhos amigos” ou do seu banco neste endereço, desconfie.

 Parta do princípio de que dinheiro não vem fácil e pense duas vezes antes de aceitar propostas “incríveis” recebidas pela internet.

Se você acha que seu micro foi invadido: 

 Deixe de acessar serviços de banco on-line e fazer compras pela web até resolver o problema.

 Rode uma verificação do antivírus atualizado em toda a máquina. Desta forma é possível encontrar a praga e, em alguns casos, removê-la.

 Monitore regularmente suas movimentações financeiras.

 Denuncie o golpe do qual foi vítima à Delegacia de Delitos e Meios Eletrônicos do Deic (4dpdig.deic@policiacivil.sp.gov.br).

 Caso perceba movimentações estranhas na sua conta corrente, entre em contato com o banco e peça orientações. O mesmo vale para operadoras de cartão de crédito.

 As vítimas de crimes virtuais devem sempre procurar uma delegacia e fazer um boletim de ocorrência. Folha Uol

A única forma de garantir que a compra online não vai acabar em um problema é estar atento aos riscos e saber como evitá-los.
Por isso, a TotLab separou uma série de dicas que podem tornar as transações de e-commerce na época de Natal mais seguras:

1 – Só utilize redes Wi-Fi confiáveis: Lembre-se de que as redes Wi-fi públicas, sejam abertas ou protegidas por senha, podem estar sendo interceptadas. Por isso, é recomendável realizar transações online através de uma rede própria ou de alguém de sua confiança.

2 – Opte por computadores ou dispositivos pessoais protegidos: Nos casos de transações online, é recomendável o uso de computadores ou dispositivos móveis confiáveis, em especial, para garantir que os dados sensíveis digitados durante a transação não serão interceptados por cibercriminosos que podem ter infectado a máquina. Se há dúvidas sobre o estado do equipamento, realize uma varredura com um software antivírus (nossa melhor sugestão é que você use sistemas operacionais livres).

3 – Utilize um antivírus para detectar e bloquear ameaças: É recomendável manter na máquina um antivírus atualizado e que realize a segurança proativa do equipamento.

4 – Mantenha o sistema operacional e as aplicações atualizadas: Manter o software do computador ou dispositivo móvel atualizado é essencial para proteger contra ameaças. Isso porque muitos cibercriminosos aproveitam as vulnerabilidades das versões antigas de sistemas operacionais e aplicações para disseminar códigos maliciosos.

5 – Opte por sites de e-commerce com boa reputação: Para evitar problemas com compras online – que vão desde não receber o produto até ter os dados bancários e do cartão clonados – é recomendável optar por realizar transações em sites com boa reputação ou que sejam recomendados por amigos ou parentes.

6 – Verifique a segurança do site: Antes de inserir informações sensíveis no site, verifique se o mesmo utiliza o protocolo HTTPS. Pode-se checar isso na barra de endereço, à frente da URL do site. Também pode aparecer um pequeno cadeado ao lado do endereço.

7 – Prefira cartões de crédito aos de débito: No caso de ser vítima de um golpe, é mais fácil estornar a transação e receber o dinheiro de volta quando a mesma é realizada com cartões de crédito, especialmente os que possuem seguro.

8 – Não participe de pesquisas que prometam prêmios e dinheiro: Muitos sites legítimos realizam pesquisa de satisfação, mas é recomendável não acessar links de pesquisas que prometam recompensa monetária ou prêmios. Nunca forneça também o número de celular em troca de vales-presentes de alto valor oferecidos por sites.

9 – Não forneça informações pessoais desnecessárias: Os cadastros dos sites pedem informações pontuais. Mas nunca preencha dados que não sejam relevantes à compra.

10 – Desconfie de promoções incríveis: Se uma oferta parece boa demais para ser verdade, provavelmente é, especialmente se for um produto disputado na época. Ofertas assim podem ser tentadoras, mas muitas vezes são chamarizes criados por cibercriminosos ou golpistas. Para evitar ser vítima de um golpe, busque opiniões de outros consumidores que realizaram a compra do produto para verificar se não existem reclamações.

11 – Confira o movimento dos cartões de crédito e débito utilizados: Ao utilizar esses meios de pagamento, é aconselhável verificar os movimentos no extrato após a operação, para garantir que tudo ocorreu conforme o esperado.

12 – Senso critico apurado em tecnologia ou apenas velho bom senso: Antes de comprar, respire e peça a opnião de outras pessoas, pesquisas apontam que a opnião de um amigo ou colega ligado a área de tecnologia pode lhe ajudar na escolha do local ideal para a compra do seu produto, além do mais você ainda pode conseguir um super desconto em um site que ainda não conhecia. (Totlab)

Antivirus

Ao contrário do que disse um executivo da Symantec mais para o começo deste ano, o antivírus não morreu. As chamadas ameaças persistentes avançadas (APTs) ganharam, sim, sua fama, mas elas ainda são mais problemáticas para empresas do que para o usuário final. O dono de um computador pessoal ainda é o alvo preferencial de malware e phishing, e justamente por isso uma proteção adicional (aliada ao útil bom senso) ainda vem bem a calhar. Seguindo essa ideia, o renomado laboratório AV-Comparatives liberou há alguns dias os resultados de seu segundo teste de antivírus no ano (PDF em inglês aqui). Feita entre agosto e novembro de 2014, a avaliação simulou um ?uso real? (e por isso o nome ?Real-World Test?) e levou em conta a capacidade do software de bloquear URLs maliciosas e arquivos perigosos. Foram centenas deles abertos diariamente, e todos verificados pelos programas apenas em suas configurações padrão. Ao todo, os pesquisadores fizeram 120 mil testes, incluindo 2 360 maliciosos. Os nove melhores antivírus (todos pagos), que também foram os que menos detectaram falsos-positivos, levaram um selo ?Advanced+?. Confira a seguir.

Atualização: O Qihoo 360 foi retirado da lista em maio, após ser acusado de trapacear nos testes.

Anti-Spyware’s 

Ter uma firewall ou um anti-vírus instalado no seu computador não o protege contra o spyware. O spyware pode alojar-se no seu computador de uma forma dissimulada, disfarçando-se como um programa legítimo, enganando assim as protecções da sua firewall e do seu anti-vírus. Assim, hoje e também sob o pretexto de que a segurança não precisa de ser um custo, deixo-vos aqui a sugestão de 10 programas anti-spyware gratuitos:

Com informações da Web

Name:
Email:
8 + 2 = ?
Subject:
Message:
 
Powered by WordPress | Download Free WordPress Themes | Thanks to Themes Gallery, Premium Free WordPress Themes and Free Premium WordPress Themes
WP-Backgrounds by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann
%d blogueiros gostam disto: