Nosso Ambiente: Conheça projetos de preservação do Cerrado

cerrado_radios_ebc_2015_2

Reprodução

Apresentação: Maria Rejane Limaverde. Trabalhos técnicos: Samuel Farias

Cantado em verso e prosa, o Bioma Cerrado pede socorro para escapar da destruição. Manter o Cerrado em pé é um desafio que exige dedicação e persistência. No Nosso Ambiente especial do Dia do Cerrado, vamos conhecer duas experiências que abraçam este desafio:

O Cerrado é o segundo maior bioma da América do Sul e ocupa área de mais de dois milhões de hectares. Sua área contínua incide sobre os estados de Gioás, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Bahia, Maranhão, Piaui, Rondônia, Paraná, São Paulo e Distrito Federal, além de encraves no Amapá, Roraima e Amazonas.

É no Cerrado que nascem as principais bacias hidrográficas do continente sul americano. Nele ocorrem as mais ricas diversidades de flora e fauna. Muitas populações sobrevivem de seus recursos naturais, incluindo etnias indígenas, quilombolas, geraizeiros, ribeirinhos, babaçueiras, vazanteiros que, juntas, fazem parte do patrimônio histórico e cultural brasileiro, e detêm um conhecimento tradicional de sua biodiversidade.

Tudo isso não foi suficiente para manter o Cerrado em pé, como uma das mais importantes e diversas savanas do mundo.

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente inúmeras espécies de plantas e animais do Cerrado correm risco de extinção. Estima-se que 20% das espécies nativas e endêmicas já não ocorram em áreas protegidas e que pelo menos 137 espécies de animais que ocorrem no Cerrado estão ameaçadas de extinção. Depois da Mata Atlântica, o Cerrado é o bioma brasileiro que mais sofreu alterações com a ocupação humana.

No sentido contrário à destruição do Cerrado, contamos com iniciativas louváveis para preservação e recuperação do bioma. Uma dessas iniciativas é o CRAD – Centro de Recuperação de Áreas Degradas da Universidade de Brasília. Aqui a pesquisa científica é grande aliada. Para começar um processo de recuperação de área degradada é preciso primeiro conhecer as espécies que serão utilizadas, como explica o professor do Departamento de Engenharia Florestal da UnB, Anderson Marcos de Souza.

Outra iniciativa que trabalha há 10 anos na proteção e recuperação do Cerrado é a OSCIP Rede de Sementes do Cerrado. O projeto Semeando o Bioma Cerrado escolhe espécies que tenham suas principais características bem preservadas, em ambiente nativo. Essas matrizes são marcadas e suas sementes coletadas, como explica Regina Célia Fernandes

O Cerrado é o bioma brasileiro que possui a menor porcentagem de áreas sobre proteção integral. Apenas 8,21% de seu território está legalmente protegido por unidades de conservação, o que ainda é muito pouco diante da ameaça de extinção do bioma.

E lembre-se: sua atitude tem o poder de mudar o seu ambiente e contribuir para dar mais vida ao planeta. Ambiente-se.

 

Fonte: Radio Agencia Nacional.EBC

primark

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.

Powered by WordPress | Download Free WordPress Themes | Thanks to Themes Gallery, Premium Free WordPress Themes and Free Premium WordPress Themes
WP-Backgrounds by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann