Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas tem dois tetracampeões

3423923394_dabdb5b275_z

Reprodução

Criado em 27/11/15 18h43 e atualizado em 27/11/15 19h57
Por Akemi Nitahara Edição:Fábio Massalli Fonte:Agência Brasil

A lista dos estudantes, professores e escolas premiados na 11ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) já está disponível no site da competição. O resultado foi divulgado na tarde de hoje (27) pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), que organiza a olimpíada. Individualmente, a Obmep 2015 tem dois tetracampeões: Bernardo Teixeira de Amorim Neto, da Escola Estadual Nossa Senhora de Guadalupe, de Lagoa da Prata (MG); e Bruno Barros de Sousa, da Escola Paroquial São Miguel, de Xambioá (TO). Os dois também dividiram o primeiro lugar geral no nível 2, para os 8º e 9º anos.

Foram 6.501 medalhistas, distribuídos entre 500 de ouro, 1.500 de prata e 4.501de bronze, além de 42.283 premiados com menção honrosa. Todos os medalhistas são convidados a participar do Programa de Iniciação Científica de 2016.

A edição 2015 da Obmep bateu recorde de escolas e municípios inscritos, com 47.582 escolas de 5.538 cidades, o que corresponde a 99.48% dos municípios do país. O número de estudantes chegou a 17.970.745. O estado de São Paulo teve o maior número de inscritos, com 3.373.019 de participantes.

As provas da primeira fase foram aplicadas no dia 2 de junho e a segunda fase, que reúne os estudantes com melhor pontuação na primeira, foi no dia 12 de setembro. Quase 900 mil alunos participaram dessa etapa, que teve seis questões discursivas nas quais é necessário expressar os cálculos e o raciocínio desenvolvido.

Entre os estados, São Paulo também teve o maior número de medalhistas, com 10.526 premiados, seguido de Minas Gerais, que teve 10.171, e Santa Catarina, com 2.378. Levando em conta apenas as medalhas de ouro, Minas Gerias dispara, com 151 estudantes, enquanto São Paulo teve 68 e Rio de Janeiro 50. Entre os municípios, o que mais teve medalhistas de ouro foi o Rio de Janeiro, com 39 no total, seguido de Belo Horizonte, com 27, e Curitiba, com 20.

Duas escolas tiveram três medalhas de ouro: Escola Estadual João Ribeiro de Carvalho, de Conceição dos Ouros (MG), entre os 71 classificados para a segunda fase; e Escola Municipal Professor Doriol Beato, de Conselheiro Lafaiete (MG), que classificou 49 estudantes. O município de Conceição dos Ouros também se destacou por ter apenas 10 mil habitantes e ter alcançado 4 medalhas de ouro.

Considerando o resultado geral, as escolas que apresentaram melhor desempenho foram a Escola Estadual Augustinho Brandão, de Cocal dos Alves (PI); Escola Estadual José Américo Barbosa, de Mato Verde (MG); Escola Estadual Terezinha Pereira, de Dores do Turvo (MG); Unidade Escolar Teotônio Ferreira Brandão, também de Cocal dos Alves (PI); e Escola Municipal Pastor Hans Muller, de Joinville (SC).

Fonte: EBC

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.

Powered by WordPress | Download Free WordPress Themes | Thanks to Themes Gallery, Premium Free WordPress Themes and Free Premium WordPress Themes
WP-Backgrounds by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann