Supremo valida Lei dos Diretos Autorais que modifica atuação do Ecad


bancoimagemfotoaudiencia_ap_328162

Reprodução


  • 27/10/2016 15h37  – Brasília

André Richter – Repórter da Agência Brasil


O Supremo Tribunal Federal (STF) validou hoje (27) a Lei 12.853/2013, conhecida como Lei dos Direitos Autorais. A decisão foi proferida por 8 votos a 1 a favor de constitucionalidade da norma. O julgamento começou em abril e foi finalizado nesta tarde com os últimos três votos.

A norma definiu novas condições de cobrança, arrecadação e distribuição de recursos pagos por direitos autorais de obras musicais e foi contestada no Tribunal pelo Escritório Central de Arrecadação de Direitos Autorais (Ecad) e pela União Brasileira de Compositores (UBC).

No julgamento, a maioria dos ministros seguiu o entendimento do relator, Luiz Fux, a favor da lei. Em abril, ao votar, o ministro entendeu que as regras da norma são constitucionais por darem mais poderes aos autores e não às associações na arrecadação e distribuição dos direitos autorais.

“Sua atuação foi brilhante”, diz ex-jogador Pepe sobre Carlos Alberto Torres


Isabela Vieira – Repórter da Agência Brasil


carlos-alberto-torres

Reprodução EBC

Ex-ponta-esquerda do Santos Futebol Clube, José Macia, conhecido como Pepe, lamentou a morte do amigo, ex-lateral e estrela do tricampeonato da seleção brasileira da Copa do Mundo de 1970, Carlos Alberto Torres. O ex-jogador, que atuava como comentarista esportivo em emissoras de TV por assinatura, faleceu na manhã de hoje (26) no Rio de Janeiro, vítima de um infarto. O velório será realizado no prédio da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na zona oeste da cidade.

carlos-alberto-torres_cbf_0

Reprodução:
O capitão da seleção brasileira tricampeã de futebol, Carlos Alberto Torres – Divulgação/CBF

Em entrevista ao Programa Bate Bola, da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, Pepe disse que o ponta-esquerda, conhecido como Capita desde a época em que jogou no Santos, era um jogador brilhante. “Sempre comentava que Carlos Alberto Torres tinha sido o melhor jogador de todos os tempos”, disse sobre o colega, que foi seu “pupilo” no time santista.

Por que abrimos a boca quando estamos com sono?


bb1

Reprodução


Criado em 19/10/16 10h52 e atualizado em 19/10/16 11h51
Por Cantinho do Aprendizado – Instituto Pensi


Olhos quase fechando, moleza no corpo e boca bem aberta. Esse é o bocejo, uma forma do organismo driblar o sono. O ato também acontece quando vemos outra pessoa bocejando e até mesmo no mundo dos animais.

O bocejo é um reflexo involuntário que avisa que precisamos dormir. Ele acontece porque, quando estamos entrando no período de sonolência, há uma queda de oxigênio no sistema nervoso central do cérebro, e o bocejo gera um estímulo profundo de entrada de ar na tentativa de nos manter acordados. Bocejar nem sempre está associado ao sono: pode se tratar de falta de oxigênio, como acontece, por exemplo, quando praticamos exercícios físicos.

“Leia para uma criança” disponibiliza livros gratuitos pela internet


Campanha lança novos títulos para ONGs e público em geral

crianca_lendo

Reprodução: Despertar na criança o gosto pela leitura Foto: Pixabay / CC


 


O Cotidiano desta sexta-feira conversa com a coordenadora de Mobilização Social da Fundação Itaú Social – que é responsável pela campanha “Leia para uma criança”, Claudia Sintoni. De 2010 até o final deste ano, vão ser distribuidos mais de 48 milhões de exemplares.

A coordenadora explica que a mobilização da sociedade em prol da educação de qualidade fez surgir o Itaú Criança. E a partir de 2010, foi estruturada a campanha, com o objetivo de estimular o hábito do adulto ler para uma criança, oferecendo o livro. Já existem 18 títulos com boas histórias, com texto de qualidade e ilustrações atraentes.

Cláudia Santoni disse que o endereço para pedir os livros gratuitos na internet é itau.com.br/crianca

Vinícius de Moraes completaria 103 anos hoje


vinicius_0

Reprodução


Apresentação Márcia Dias


O nosso poetinha, que também foi diplomata, compositor e dramaturgo nasceu em 19 de outubro de 1913 no Rio de Janeiro. Vinícius de Moraes é sempre lembrado como boêmio e grande conquistador.

História Hoje: Programete sobre fatos históricos relacionados a cada dia do ano. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.


Fonte: Rádio agencia nacional.ebc


 

Ministério Público do Rio cria grupo para combater feminicídio


1023761-rj_060616_dsc6722

Reprodução


  • 13/10/2016 11h31
  • Rio de Janeirolocalização

Agência Brasil


O Ministério Público do Rio de Janeiro anunciou a criação do Grupo Especial de Combate a Homicídios de Mulheres (Gecohm) com o objetivo de reduzir a violência de gênero no estado do Rio de Janeiro. Uma das metas é mapear os crimes que se enquadrem em feminicídio – homicídio de mulheres praticado motivado por questão de gênero.

A iniciativa foi proposta pelo Centro de Apoio Operacional da Violência Doméstica do Ministério Público (CAO) e tem como objetivo cumprir a meta de reduzir o crime de feminicídio, conforme estabelece a Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp). A metodologia foi aprovada em março deste ano pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Em uma primeira etapa, o grupo vai concentrar esforços na resolução de homicídios de mulheres. De acordo com a coordenadora do CAO, a promotora de Justiça Lúcia Iloízio, a criação do grupo vai otimizar a atuação do MPRJ nos casos.

Centro de treinamento Olímpico realiza corrida no dia das Crianças


img_6110

Reprodução


Criado em 11/10/16 14h58 e atualizado em 11/10/16 14h57
Por Patrícia Serrão


As olimpíadas serviram de incentivo para muitas crianças começaram a praticar exercícios físicos, tendo como foco conquistarem algumas medalhas no futuro. Os jovens atletas vão poder neste dia 12 participar de uma corrida no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (Cefan), local que serviu de treinamento para seis atletas brasileiros que participaram das provas de atletismo nos jogos Olímpicos. A Corrida das Academias Kids Caixa é aberta a crianças de 3 a 14 anos com provas com distâncias adequadas para cada idade.

As crianças de três anos vão correr a prova de 25m; as de quatro anos 50m; as de cinco e seis anos 100m; as de sete e oito anos 200m; as de nove e 10 anos 300m; as de 11 e 12 anos 400m; e as de 13 e 14 anos 800m. A prova infantil contará 1.200 pequenos corredores.

Powered by WordPress | Download Free WordPress Themes | Thanks to Themes Gallery, Premium Free WordPress Themes and Free Premium WordPress Themes
WP-Backgrounds by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann